Anuncie

Primeiro bairro público inteligente do Brasil é destaque no 9º Congresso de Cidades Digitais

Principal encontro estadual de tecnologia para Prefeituras reúne gestores públicos nesta semana em Londrina

Por da redação em 21/11/2023 às 10:33:03
Foto Divulgação PTI

Foto Divulgação PTI

A experiência do primeiro bairro público inteligente do Brasil por meio de Sandbox, a Vila A, de Foz do Iguaçu, será tema da palestra de Marcos Cesar dos Santos, analista de Tecnologias do Parque Tecnológico Itaipu, no 9º Congresso Paranaense de Cidades Inteligentes e Digitais. Ele será um dos palestrantes do evento, que acontece em Londrina, dias 23 e 24 de novembro, realizado pela Rede Cidade Digital, em parceria com Prefeitura de Londrina, por meio do Instituto de Desenvolvimento de Londrina de Desenvolvimento de Londrina (Codel).

Marcos César adianta que a palestra, com o tema "Vila A Inteligente - O primeiro bairro público inteligente do país" discutirá a origem da ideia de transformar um bairro em um laboratório vivo de inovação e desenvolvimento tecnológico.

"Serão apresentadas as soluções implantadas e seus impactos, assim como o ecossistema de inovação criado para atrair startups e empresas de base tecnológica, promovendo testes e validações de produtos e serviços no bairro, além de gerar oportunidades de negócios e impulsionar o desenvolvimento tecnológico local", comenta ele.

O conceito SandBox, que vem sendo difundido no país, nada mais é que um ambiente de testes de programas, aplicativos, plataformas. É onde a tecnologia pode ser testada na prática, em ambiente já existente. No caso de Foz do Iguaçu, a Vila A é um bairro histórico, criado na época de construção da Usina de Itaipu. Hoje, vivem no local entre 10 mil e 12 mil habitantes, num ambiente onde há escolas, hospitais, universidade, área de lazer, comércio estabelecido e zona residencial.

Várias tecnologias foram implantadas no bairro, como semáforos inteligentes, pontos de ônibus inteligentes, câmeras com reconhecimento de placas de veículos. Também, por meio do edital Smart Vitrine, startups são atraídas e selecionadas para apresentarem soluções que possam facilitar a vida dos cidadãos.

Todos os detalhes da implantação, desenvolvimento e resultados alcançados com o primeiro bairro SandBox do Brasil serão apresentados a partir das 15h10, dia 23, no auditório da Unifil, em Londrina.

CONGRESSO

As inscrições para o 9º Congresso Paranaense de Cidades Digitais e Inteligentes são gratuitas para servidores públicos, universidades, entidades e vereadores e devem ser feitas pelo https://www.sympla.com.br/rcd.

A programação do congresso traz ainda uma feira de soluções tecnológicas, que acontece paralela ao ciclo de palestras. Os gestores poderão conhecer ferramentas voltadas para diversas áreas da administração pública, disponibilizadas pelas empresas 1Doc, CTMGEO, Aprova, IGTECH, Softplan, Evolution Tecnologia Funerária, Voxcity Tecnologia, Placarsoft, Partner Telecom, Instituto das Cidades Inteligentes, Headnet Tecnologia, Sistema Traz Valor e Ahgora.

O congresso tem o apoio institucional da governança Londrina Inteligente, Associação dos Municípios do Paraná, Sebrae e das associações regionais de municípios Assomec, Amocentro, Amcespar, CANTU, Amsop, Amunop, Amusep, Amuvi, Comcam, Amop, Amunorpi, Amsulep, Amepar e Amsulpar; Associação das Câmaras Municipais do Sudoeste do Paraná (ACAMSOP) e União de Câmaras, Vereadores e Gestores Públicos do Paraná (UVEPAR). O Ibis Londrina Shopping é o hotel oficial do evento.

SERVIÇO:

9º Congresso Paranaense de Cidades Digitais e Inteligentes

Londrina – 23 e 24 de novembro de 2023

Local: Teatro Colégio Londrinense - Unifil

Inscrições gratuitas para servidores públicos, universidades e entidades: http://sympla.com.br/rcd

Informações pelo WhatsApp (41)3015-6812

Fonte: Rede Cidade Digital

Comunicar erro
anuncio 2

Comentários

Anuncie 5